Blog sobre OJS e Periódicos Eletrônicos

PKP Adverte: é hora de atualizar o seu OJS!

whatsapp

Em fevereiro deste ano, o Public Knowledge Project, iniciativa multiuniversitária responsável pelo desenvolvimento do Open Journal System (OJS), publicou em seu blog um texto incentivando os periódicos científicos que utilizam o SEER a atualizarem seus sistemas. Dos mais de 25.000 periódicos existentes que utilizam o OJS, cerca de 32% que publicaram artigos em 2021 ainda utilizam a versão 2.4, já abandonada pela equipe de desenvolvimento.

Número de periódicos por versão do software OJS, filtrado para periódicos que publicaram artigos em 2021.Número de periódicos por versão do software OJS, filtrado para periódicos que publicaram artigos em 2021. Fonte: https://doi.org/10.7910/DVN/OCZNVY

Apresento abaixo os principais motivos recomendados pelo Comitê Técnico do PKP para atualização do seu OJS:

Principais razões para atualizar

  • Segurança em primeiro lugar: revistas que ainda utilizam versões não suportadas ou descontinuadas do OJS (2.x) podem ter seu sistema aberto a ataques mal-intencionados. Versões desatualizadas do OJS podem ter vulnerabilidades conhecidas por hackers que podem explorá-las. Abordamos alguns desses problemas nesse post.
  • Economia de tempo e recursos no futuro: à medida em que as versões envelhecem, elas podem tornar-se incompatíveis com o ambiente de servidor que hospeda seu OJS. Quando os serviços básicos necessários à execução do OJS (PHP, MYSQL, etc) são atualizados, versões antigas do OJS podem não funcionar mais ou terão um caminho de atualização mais difícil. Isso tem acontecido com muitas revistas que ainda utilizam o OJS 2, que roda apenas em versões descontinuadas do PHP (5.6 ou 7.2) e que, em caso de atualização de segurança deste serviço pelo servidor em que a revista está hospedada, podem ficar totalmente indisponíveis.
  • Obtenha melhores recursos: as versões mais recentes são mais amigáveis, funcionais, eficientes e oferecem melhorias drásticas em usabilidade e desempenho. Essas mudanças podem ajudar a facilitar a vida e economizar tempo para gerentes de periódicos, editores e autores, e também para as equipes de suporte técnico que gerenciam o software.
  • Planejamento mais fácil: Com uma política de LTS (Long-Term Support) em vigor, periódicos e organizações que tenham dificuldade em acompanhar as atualizações frequentes que são disponibilizadas, podem contar com um cronograma de atualização mais previsível, permitindo um melhor planejamento para ações de infraestrutura e pessoal.

Além dos motivos de ordem técnica acima listados, a equipe do Comitê Técnico do PKP também listou suas funcionalidades e melhorias favoritas:

  • Layout moderno: o OJS 3.3 possui temas nativos muito mais atraentes e responsivos (adaptáveis aos diferentes tamanhos de tela);
  • Interface de usuário melhorada para o fluxo de submissão, com um design mais flexível e intuitivo;
  • Página de estatísticas com gráfico para visualização rápida de informações sobre artigos;
  • Interface amigável e acessível para dispositivos móveis aos leitores da revista;
  • Suporte ORCID para autores;
  • Visualização completa dos metadados do artigo em uma única guia “Publicação”;
  • Documentação abrangente do sistema disponível no site do PKP.

Tela de visualização gráfica para a métrica de artigos enviados à revista (versão 3.x)Tela de visualização gráfica para a métrica de artigos enviados à revista (versão 3.x)

Acrescento às listas acima alguns fatores que nos agradam particularmente nas nossas tarefas de gestão de periódicos:

  • Maior facilidade para desenvolvimento de temas totalmente customizados;
  • Validação do processo de atualização mais eficaz, reduzindo erros do processo;
  • Plugin de exportação XML do CrossRef;
  • Melhoria no formulário de submissão para entrada de dados multi-idioma;

Barreiras comuns à atualização

O diagnóstico do Comitê Técnico do PKP aponta algumas barreiras comuns que muitos periódicos enfrentam ao atualizar o OJS para uma versão mais recente. Os desafios vão desde falta de recursos e um processo de atualização demorado, que exige conhecimento técnico especializado.

A situação geral dos periódicos é de que muitos operam com pouco suporte e fazem uso de colaboradores voluntários, com capacidade técnica limitada. Além da complexidade desse processo, a limitação de tempo para que administradores, gerentes ou editores dos periódicos aprendam e acostumem-se com uma nova interface de trabalho, atualizem tutoriais e reorganizem os processos para um novo fluxo de trabalho, faz com que a atualização torne-se um desafio significativo.

Há também a questão de alguns plugins específicos com compatibilidade apenas para versões antigas. Periódicos que dependam muito de um plugin que não está disponível em uma nova versão ou que tenham desenvolvido uma funcionalidade que não pode ser atualizada, acabam tendo que desenvolver novamente.

Às vezes, as atualizações do sistema são disponibilizadas com muita frequência, deixando os gerentes dos periódicos receosos de que as versões mais recentes possam ter problemas inesperados ou bugs que não saberão como resolver.

Gráfico de versões do OJS para instalações ativas.Gráfico de versões do OJS para instalações ativas. Muitos periódicos ainda utilizam versões inseguras do OJS. Fonte: https://doi.org/10.7910/DVN/OCZNVY

Como atualizar de forma segura?

O PKP disponibiliza documentações importantes que podem te auxiliar no planejamento para atualizar a sua versão OJS. É muito importante que o departamento de TI de sua instituição ou o profissional responsável por esta área em sua revista busque essas informações para que se realize um planejamento correto e seguro. Confira abaixo esses documentos:

De minha parte, gostaria de deixar uma dica muito importante: nunca realize a atualização do seu OJS em uma versão de produção (versão final, disponível para acesso público). Faça uma cópia desse sistema em outro ambiente e trabalhe com segurança.

Não se trata apenas do que se pode ganhar ao atualizar seu OJS, mas, principalmente, do que se pode perder se não o fizer. Os desafios são grandes, como vimos acima, mas com o planejamento correto das etapas, sua revista terá muito a ganhar utilizando versões estáveis, seguras e atualizadas.

Atualizado em Quarta, 13 Abril 2022 11:27
Eugênio Telles

Eugênio Telles

Eugênio Telles é publicitário pós-graduado em Marketing Digital pela ESPM-RJ, diretor executivo da GeniusDesign, empreendedor e podcaster.

Somos uma agência especializada em OJS e periódicos científicos

O Peletron é um blog mantido pela GeniusDesign, agência de marketing digital e científico especializada em OJS e periódicos científicos com 14 anos de mercado e 7 dedicados à publicação científica.

Fiocruz
Revista Abralin
Sesi Sp Editora
Cadlin
Farmanguinhos
Associação Brasileira de Criminalística
Peletron - Periódico Eletrônico

Peletron - Periódico Eletrônico

+55 . 11 . 98419-3413

CNPJ: 27.339.106/0001-70