Blog sobre OJS e Periódicos Eletrônicos

Como indexar corretamente seus artigos no Google Acadêmico

whatsapp

Os artigos científicos de sua revista não aparecem no Google Acadêmico? Se você possui uma revista científica publicada na internet e seus artigos não são indexados pelo Google Acadêmico, há uma explicação técnica muito simples para isso, Nesse post explicaremos porque isso acontece e também traremos informações importantes sobre o uso do OJS para que os dados de seus artigos sejam corretamente indexados no Google Acadêmico.

Abaixo segue um índice para que você possa acessar diretamente o conteúdo de maior interesse:

O que é o Google Acadêmico?

Parece uma pergunta óbvia, mas vale à pena conhecer melhor o seu funcionamento. O Google Acadêmico, ou Google Scholar, é um motor de busca que vasculha a internet à procura de publicações acadêmicas: artigos, livros, relatórios, dissertações e teses, anais de conferências, preprints, entre outros.

Semelhante à principal ferramenta de pesquisa do Google, o Google Acadêmico identifica o conteúdo acadêmico através dos metadados bibliográficos dos objetos digitais disponíveis na web e agrupa as diferentes versões de um item junto aos metadados em seu resultado de busca.

Essa varredura realizada pelo Google Acadêmico acontece de maneira ininterrupta pelos seus robôs e as publicações acadêmicas são indexadas de maneira automática, conforme são encontradas. Se seu periódico possui os metadados pesquisados pelo Google, eventualmente eles serão indexados em seu banco de dados.

Se por acaso o seu periódico não é exibido no Google Acadêmico, a causa mais provável para isso ocorrer é a ausência dos metadados que são buscados pelos motores de busca do Google.

Quais são os metadados bibliográficos pesquisados pelo Google Acadêmico?

Há duas condições que precisam ser atendidas para que o seu periódico seja exibido no Google Acadêmico:

  1. Possuir uma URL, ou seja, estar disponível na internet.
  2. Informações bibliográficas dos artigos na forma de tags (etiquetas) de metadados legíveis por máquina (“metatags”).

As metatags bibliográficas são tags que contém informações específicas de conteúdos acadêmicos, como autor, título, data de publicação, volume, edição, etc.

O Google disponibiliza uma documentação com as diretrizes para inclusão dos metadados. Veja o exemplo:

<meta name="citation_title" content="The testis isoform of the phosphorylase kinase catalytic subunit (PhK-T) plays a critical role in regulation of glycogen mobilization in developing lung">
<meta name="citation_author" content="Liu, Li">
<meta name="citation_author" content="Rannels, Stephen R.">
<meta name="citation_author" content="Falconieri, Mary">
<meta name="citation_author" content="Phillips, Karen S.">
<meta name="citation_author" content="Wolpert, Ellen B.">
<meta name="citation_author" content="Weaver, Timothy E.">
<meta name="citation_publication_date" content="1996/05/17">
<meta name="citation_journal_title" content="Journal of Biological Chemistry">
<meta name="citation_volume" content="271">
<meta name="citation_issue" content="20">
<meta name="citation_firstpage" content="11761">
<meta name="citation_lastpage" content="11766">
<meta name="citation_pdf_url" content="http://www.example.com/content/271/20/11761.full.pdf">

Essas metatags estão contidas no cabeçalho de uma página web. As metatags mais comuns para páginas web são as metatag title e metatag description. Se você teclar CTRL + U (exibir código-fonte) neste momento, poderá identificar essas 2 metatags deste post.

Exemplo de 2 metatags muito comuns em páginas web: title e description. Estas informações são exibidas nos resultados do Google.Exemplo de 2 metatags muito comuns em páginas web: title e description. Estas informações são exibidas nos resultados do Google.

Agora, se digitar no Google (https://google.com.br): “Como indexar corretamente seus artigos no Google Acadêmico”, poderá identificar que as informações contidas nas metatags title e description são exatamente as que aparecem na prévia do link na página de resultados.

Demonstração de como o Google exibe as metatags em seus resultados de busca.Demonstração de como o Google exibe as metatags em seus resultados de busca.

Da mesma maneira, os metadados bibliográficos devem estar presentes em forma de metatags no cabeçalho de uma página web para que sejam indexados pelo motor de busca do Google Acadêmico.

Veja o exemplo abaixo:

Exemplo de exibição dos metadados bibliográficos de um artigo no Google Acadêmico.Exemplo de exibição dos metadados bibliográficos de um artigo no Google Acadêmico.

Os dados do artigo em destaque exibidos no resultado da busca no Google Acadêmico são coletados de sua página de origem. O artigo utilizado como exemplo possui os seguintes metadados bibliográficos:

Código fonte da página de um artigo científico com as metatags bibliográficas. Em destaque, as metatags exibidas nos resultados da busca no Google Acadêmico.Código fonte da página de um artigo científico com as metatags bibliográficas. Em destaque, as metatags exibidas nos resultados da busca no Google Acadêmico.

Os metadados destacados no exemplo utilizado são:

  1. Título do artigo:
    <meta name="citation_title" content="INTEGRAÇÃO DAS TDICs NA EDUCAÇÃO: ESPAÇOS DIGITAIS"/>
  2. Nome do(s) autor(es):
    <meta name="citation_author" content="Jaqueline Corrêa Godinho Souza"/>
  3. Título do periódico:
    <meta name="citation_journal_title" content="Revista Científica FESA"/>
  4. Resumo / abstract:
    <meta name="DC.Description" xml:lang="pt" content="Este artigo possui como problema fomentador a ausência de interesse dos professores em aplicar as Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação – TDICs – em sala de aula e, também, a sua influência no trabalho desenvolvido em ambientes de ensino. Posto isso, a ...."/>
  5. Link para acesso/download do PDF:
    <meta name="citation_pdf_url" content="https://revistafesa.com/index.php/fesa/article/download/15/11"/>
  6. Página de destino no link sobre o título do artigo:
    <meta name="citation_abstract_html_url" content="https://revistafesa.com/index.php/fesa/article/view/15"/>

As metatags bibliográficas devem constar no cabeçalho da página web do artigo para que este seja indexado no Google Acadêmico. Plataformas web voltadas para publicações acadêmicas, como o OJS, já contemplam a inclusão dessas metatags. Elas são geradas automaticamente a partir dos formulários preenchidos pelos autores e revisados pela equipe editorial.

Plataformas que não são indexadas pelo Google Acadêmico

Plataformas como Wix, Wordpress, Joomla e outros CMS’s (Content Management Systems) são desenvolvidas para conteúdos genéricos e não possuem, nativamente, funcionalidades que gerem as metatags bibliográficas. Estes sistemas são, de fato, excelentes para organizar conteúdos, inclusive os acadêmicos, mas não permitem que conteúdos acadêmicos sejam devidamente indexados em plataformas como o Google Acadêmico.

Solução para periódicos em plataformas não indexadas

Se você utiliza uma dessas plataformas em sua revista, há alternativas para suprir esta carência, no entanto, conhecimentos avançados podem ser requeridos. No caso do Wordpress, há um plugin que permite adicionar metatags aos seus conteúdos. Com este plugin será possível adicionar as metatags uma a uma. Não é uma tarefa fácil, mas é possível.

Nos casos de Wix e Joomla, não encontrei extensões que pudessem auxiliá-los nesta resolução, mas é possível fazer customizações no código dos temas para resgatar os dados armazenados no banco de dados dos sistemas. Para seguir por este caminho, você precisará de um desenvolvedor para implementar a solução.

Sem dúvida alguma, se você possui uma revista científica, a solução mais apropriada para que seus trabalhos sejam corretamente indexados no Google Acadêmico é o Open Journal System - OJS. Além de adicionar automaticamente as metatags bibliográficas, garantindo assim que sua página de artigo, e seu periódico por consequência, sejam indexados pelo Google Acadêmico, ele faz toda a gestão do fluxo editorial com ferramentas automatizadas, garantindo maior controle, agilidade e eficiência no tratamento dos dados das submissões.

Quer indexar o seu periódico no Google Acadêmico utilizando o Open Journal System como sua solução para editoração eletrônica de revistas? Entre em contato com a GeniusDesign que te apresentaremos os próximos passos.

Atualizado em Terça, 03 Agosto 2021 14:22
Eugênio Telles

Eugênio Telles

Eugênio Telles é publicitário pós-graduado em Marketing Digital pela ESPM-RJ, diretor executivo da GeniusDesign, empreendedor e podcaster.

Somos uma agência especializada em OJS e periódicos científicos

O Peletron é um blog mantido pela GeniusDesign, agência de marketing digital e científico especializada em OJS e periódicos científicos com 14 anos de mercado e 7 dedicados à publicação científica.

Fiocruz
Revista Abralin
Sesi Sp Editora
Piticas
Nova A3
Spx Capital
Cadlin
Oculos E Cia
Memoria Da Eletricidade
Farmanguinhos
Peletron - Periódico Eletrônico

Peletron - Periódico Eletrônico

+55 . 11 . 98419-3413

CNPJ: 27.339.106/0001-70